Payroll: saiba o que é e como afeta os investimentos no Brasil

Falha no carreagmento da imagem :(

No mercado financeiro, existem diversos índices e relatórios que devem ser acompanhados com frequência, afinal, afetam investimentos no mundo todo, como é o caso do Non-Farm Payroll.

Você sabia que o Payroll é um importante indicador dos Estados Unidos que pode interferir em suas aplicações aqui no Brasil? É isso mesmo. E hoje vamos te explicar como isso acontece, abordando outros pontos interessantes sobre ele.

Boa leitura!

O que é Payroll?

Traduzido para o português, esse termo pode ser entendido como “folha de pagamento não-agrícola”. Esse relatório é o principal índice de empregos da economia norte-americana, mas leva esse nome pois não considera atividades agrícolas, empregos por domicílios particulares, autônomos não incorporados, donos de empresa e estabelecimentos comerciais, cargos miliares e organizações sem fins lucrativos.

Para que serve o Payroll?

O Payroll serve como comparativo para saber o total de folhas de pagamento não-agrícolas nos EUA. Globalmente conhecido, ele é divulgado mensalmente pela Bureau of Labor Statistics - agência governamental dos Estados Unidos, responsável pelo levantamento de dados e divulgação de informações sobre o mercado de trabalho no país.

Você pode estar se perguntando: “mas o que isso tem a ver com os investimentos?”. Bom, ao analisar o Payroll, os investidores conseguem enxergar o cenário da economia global naquele momento e assim, encontrar as melhores oportunidades para investir.

Como o Payroll pode afetar os investimentos no Brasil?

Visto que a economia dos EUA é uma das mais relevantes do mundo, o resultado desse relatório é sentido em todos os países. Vale ressaltar que diversas atividades são afetadas por conta do resultado desse índice. Entre elas:

·         O preço do dólar;

·         A taxa de juros norte-americana;

·         A quantidade de negociações de ativos na Bolsa de Valores.

Ademais, o Payroll apresenta informações que mostram quais setores estão gerando mais empregos, servindo como base para a realização de análises sobre empresas que podem crescer e se valorizar no mercado.

Como analisar o Payroll?

Para analisá-lo, preste atenção em 3 pontos:

Taxa de Desemprego

A taxa de desemprego é uma informação fundamental para entender o cenário econômico de qualquer país.

Geração de Empregos

Esse é um dado que permite analisar a situação de algumas das principais empresas do mundo. Mesmo que você não invista diretamente nelas, elas podem influenciar o mercado em que estão colocadas e influenciar os negócios de empresas aqui no Brasil, seja de forma positiva ou negativa.

Média Salarial

Não é novidade que o mercado de ações é marcado pela volatilidade dos preços dos ativos e do desempenho das empresas no mercado. Sendo assim, esse dado é relevante para projeções sobre consumo e consequentemente, te ajuda a fazer escolhas de investimentos mais consistentes.

Payroll x investimentos de curto e longo prazo

As pessoas que investem a curto prazo, devem ficar atentas a divulgação do Payroll e rapidamente aproveitar a volatilidade para fazer bons negócios. Por outro lado, os investidores de longo prazo, são afetados indiretamente. Estes estão mais preocupados com a força que as empresas estão exercendo sobre o mercado e como isso pode causar impacto em atividades de seus setores.

Portanto, podemos concluir que o Payroll é mais um desses indicadores indispensáveis para identificar oportunidades e alcançar maiores rendimentos, principalmente a curto prazo. Por mais que sua análise possa parecer complicada a princípio, é apenas uma questão de estudo. Contudo, se você não tem tempo para acompanhar o Payroll com frequência, o ideal é falar com um especialista que possa te auxiliar nessa questão.

Para saber mais sobre mercado financeiro, leia também: Top 10 filmes sobre mercado financeiro